MaYan em São Paulo

No último sábado de Novembro tivemos em São Paulo a passagem da banda holandesa MaYan, no Carioca Club, trazendo em sua bagagem a participação mais que especial de Floor Jansen (ReVamp / ex-After Forever) em sua volta aos palcos!

Por Zeh Master / Fotos Edu Lawless 

Chegando ao Carioca Club próximo às 19 horas, perdemos a banda de abertura Mellinne devido a uma confusão com os horários. Assim, era então hora de aguardar os preparativos finais para a entrada da atração principal da noite.

_DSC0193
A banda formada por Mark Jansen (vocal, Epica), Isaac Delahaye (guitarra Epica, ex-God Dethroned), Frank Schiphorst (guitarra Symmetry), Rob van der Loo (baixo ex-Delain, ex-Sun Caged), Jack Driessen (teclado ex-After Forever) e Ariën van Weesenbeek (bateria Epica, ex-God Dethroned), contaria com as participações especiais de Simone Simons (vocalista, Epica), Henning Basse (vocalista, Sons of Seasons), Laura Macri (aclamada cantora de ópera) e pela musa Floor Jansen (ReVamp e ex-After Forever), que confirmara sua presença de ultima hora após um longo período afastada dos palcos.

_DSC0874
O show seria dividido em duas partes: A primeira com as músicas do debut do MaYan, “Quarterpast”, e a segunda com algumas surpresas da carreira dos músicos ali presentes.

_DSC0414A parte inicial seguiu quase a mesma sequência do disco, iniciando com energética “Symphony of Agression” e mostrando um Mark muito empolgado em estar lá novamente diante do publico brasileiro.  Nesta mesma música contamos primeiramente com a presença da Simone e em seguida agraciados com o retorno de Floor aos palcos, que levou o público presente ao êxtase. O show seguiu  com a mesma energia, que foi mantida com a entrada de Henning e Laura na “The Savage Massacre”. O show diminuiu de intensidade apenas durante a execução da balada “Essenza Di Te”, cantada perfeitamente pelo marcante vocal da Laura Macri.

Após uma passagem por quase todas músicas de Quarterpast, a banda se retira rapidamente para voltar com Henning para a primeira surpresa da noite: um medley do Iron Maiden, com as músicas “Number of the Beast”, “The Trooper”, “Fear of The Dark” e “Run to the Hills”. Seguiram com “Bite the Bullet” e “Drown the Demon”, onde se despediram do público para se prepararem para o bis, ou a tão esperada segunda parte.

_DSC0699
A segunda parte inicia apenas com Laura cantando “O Sole Mio”, com ótima recepção do público. Em seguida a banda cantou sem seus convidados “War on Terror”, que emendou com a ótima “Sinner’s Last Retreat” com todos no palco. Ao fim da canção, Jack Driessen cede seu teclado para Coen Janssen tocar com a banda um dos maiores clássicos do Epica, “Cry for the Moon”. Como se não já bastasse de surpresas para uma única noite, eis que o Mark anuncia “Follow In The Cry” do After Forever. Não há palavras precisas o suficiente para descrever a emoção do público, da banda e principalmente da Floor, uam das grandes estrelas da noite. Esperamos e torcemos que essa seja sua volta definitiva para os palcos.

Fim do show, e uma promessa: “Nós voltaremos”, nas palavras de Mark Jansen.

Para galeria de fotos do MaYan acesses: http://www.flickr.com/photos/edulawless/sets/72157628297968855/

_DSC0524Setlist MaYan:

Symphony Of Aggression

Mainstray Of Society – In The Eyes Of The Law: Corruption

The Savage Massacre – In The Eyes Of Law: Pizzo

Quarterpast

Course Of Life

Essenza Di Te

Incentive (Epica)

Celibate Aphrodite

Medley do Iron Maiden

Bite The Bullet

Drown The Demon

O Sole Mio

War On Terror – In The Eyes Of The Law: Pentagon Papers

Sinner’s Last Retreat – Deed Of Awakening

Cry for the Moon (Epica)

Follow in the Cry (After Forever)


Leia também:


Compartilhe

Comente