Cannibal, Black Dahlia e Suicide em São Paulo

Através de uma nova proposta (já comum fora do Brasil), a produtora Liberation conseguiu colocar no palco do Carioca Club no mesmo dia três bandas americanas conceituadas pelo estilo do Metal Extremo, além disso a idéia permitiu aos headbangers mais antigos conferir de perto novas bandas de som extremo e para os mais novos conferir os veteranos do Cannibal Corpse, ícone do Death Metal mundial.

Por Edu Lawless / Colaboração Klemer Santiago

_DSC0197A abertura do show ficou por conta dos paulistanos do Hutt que sem rodeios mandou ver no seu Grindcore fulminante, esquentando o grande público mais jovem que já ia lotando a casa, atraídos pelos novos nomes do som extremo.

A primeira banda americana a subir ao palco foi o The Black Dahlia Murder, em uma espécie de mistura de Metal Extremo e takes Melodicos. A banda incendiou a massa que já preenchia quase todos os cantos da casa e agitou o público que não parou um instante sequer.

Para ver galeria de fotos do The Black Dahlia Murder:

http://www.flickr.com/photos/edulawless/sets/72157628431924843/

_DSC0376Mas a cena musical da noite foi literalmente roubada (e com louvor) pela galera do Suicide Silence. Apesar do receio por parte do público mais tradicional, talvez pré-rotulando a banda pelo visual atípico do vocalista Mitch Lucker, a banda estremeceu o Carioca Club com seu som. A performance insandecida e extravagante de Mitch levou a galera mais jovem a loucura e conquistou sem sombra de dúvida a grande maioria do público mais tradicional e que poderia estar mais relutante ao som da banda.

O carisma que a banda demandou junto ao público presente (algo que eu acho de suma importância em um verdadeiro show de Rock) criou uma clima fantástico e acabou surpreendendo a todos, inclusive com direito a semi-strip feminino na pista.

Não é a toa que ambas as bandas já foram confirmadas na próxima edição do Wacken na Alemanha.

Para ver galeria de fotos do Suicide Silence:

http://www.flickr.com/photos/edulawless/sets/72157628431948523/

A fecha ficou por conta da banda headliner da noite, Cannibal Corpse, que entrou no palco para um avassalador show de death metal: riffs velozes e pesados, bateria precisa e vocal brutal, tudo o que os fãs de death metal estavam ali loucos para ver.
_DSC0535
Com mais de 23 anos de estrada esse quinteto veio com um objetivo claro: levar o público ao delírio. Com um set matador, eles começaram o show batendo na cara de todos com a “Evisceration Plague”. seguida de “Time to Kill is Now”. Rodas intensas, galera totalmente alucinada e a banda mandou clássicos como “Skull Full of Maggots”, “Hammer Smashed Face”, “I will kill you”, “Stripped, Raped and Strangled”. Com certeza o Cannibal Corpse ganhou um grande número de novos fãs, pois seu show foi impecável e o público também correspondeu à altura.

_DSC0492Agora é aguardar o próximo ano e a continuidade das iniciativas da produtora Liberation em comemoração aos 20 anos de estrada, já confirmado mais 3 atrações internacionais em um mesmo palco no final de Março: Lamb of God, Hatebreed, Lacuna Coil

Para ver galeria de fotos do Cannibal Corpse:

http://www.flickr.com/photos/edulawless/sets/72157628431902889/


Leia também:


Compartilhe

Comente


  • http://www.facebook.com/profile.php?id=100002504324792 Bruna

    O semi-strip feminino foi meu, HAHA *-*