Monsters of Rock Cruise 2012 – Ft. Lauderlade

Imaginem um Festival de Hard Rock onde grandes bandas se apresentam. As bandas chegam sem você ver, sobem ao palco, tocam e vão embora sem que você saiba, e isso é simplesmente ótimo por que você viu grandes bandas tocando juntas.

Por Edu Lawless & Dani Gunther
Fotos Edu Lawless

Agora imaginei isso com muito mais bandas e dentro de um luxuoso navio, ou seja, um lugar onde não há para onde ir (a não ser que você pule no mar). Ou eles ficam trancados dentro das cabines ou simplesmente se divertem junto com todos os outros passageiros. Bom foi exatamente isso foi o Monsters of Rock Cruise!

Antes mesmo de o navio zarpar as bandas começaram a esquentar a galera, e os primeiros a soarem em um dos lounges internos do navio foi a galera do HEAVY MELLOW (projeto paralelo de Benjamin Woods da banda Flametal) que mistura o Metal com a tradicional música Flamenca trazendo no repertório versões inusitadas de grandes clássicos do Rock como “Wasted Years” (Iron Maiden), “Too Young to fallin´ in Love” (Motley Crue), “Rainbow in the dark” (Dio) entre tantos outros.

Com tantas bandas a bordo o primeiro dia teve vários shows simultâneos, fazendo o público optar por quais shows ver. O lado positivo é que quase todas as bandas tocariam ao menos 2 vezes durante o cruzeiro.

O FASTER PUSSYCAT foi a primeira banda a plugar definitivamente as guitarras e sacudir o navio em outro Lounge do navio tocando seus principais clássicos liderados por Taime Downe com sua característica performance no palco fazendo a galera agitar. A banda ainda voltaria ao palco no terceiro e último dia do cruzeiro.

DSC_0816Praticamente ao mesmo tempo o BLACK’N’BLUE agitava a galera ainda tímida de se aproximar do palco e ver tão de perto seus ídolos. Com apenas uma alteração da formação original da banda – Shawn Sonnenschein que substituiu Tommy Thayer atual guitarrista do KISS – o vocalista Jaime St. James parecia estar de volta aos velhos tempos do Hard Rock soltando a voz nos grandes clássicos da banda, que ainda voltaria a tocar no palco da piscina no terceiro dia ainda mais incendiada.

Resenha e galeria de fotos do Black´n´Blue no Monsters of Rock Cruise

A primeira difícil decisão do cruzeiro foi escolher entre Cinderella no teatro principal e Tesla no palco da piscina. Mas um dos grandes motivos que nos levaram ao Monsters of Rock Cruise era poder ver de perto a lendária banda de Tom Kiefer e portanto por esse motivo a decisão acabou ficando um pouco mais fácil.

Instantes antes do inicio do show do CINDERELLA, o navio zarpou e balançar do navio foi completamente ignorado quando soaram os primeiros acordes de “Once Around the Ride” e o público foi ao deliro quando Tom Keifer impôs sua voz rasgada ao microfone, pessoalmente posso dizer que foi uma emoção única!
DSC_0000

O set list foi impecável e só nos fez querer ver mais no dia seguinte, que apesar de repetir as exatas mesmas músicas a banda parecia estar bem mais entrosada assim como Jeff LaBar nos confidenciou.

Resenha e galeria de fotos do Cinderella no Monsters of Rock Cruise

Logo após o banho de êxtase de ver Cinderella, fomos acompanhar FIREHOUSE tocando em outro Lounge do Navio.

DSC_0000A essa altura o público presente já havia perdido a timidez e aglomerava-se em volta do palco que tinha pouco mais de 20 centímetros de altura, e dessa forma pode ver e estar mais perto do que o imaginado das bandas. Difícil nesse caso era o trabalho para fotografias e iluminação do palco.

A banda liderada por CJ Snare estava arrebentando e tamanha era a energia de interação com a platéia que a banda incluiu duas músicas não programadas no set list. Isso era apenas um prenúncio do show que viria no dia seguinte no Teatro principal do navio, que fechou a segunda noite do Monsters e mostrou porque a banda ainda se mantém com praticamente a mesma formação por tanto tempo.

Resenha e galeria de fotos do FireHouse no Monsters of Rock Cruise

ERIC MARTIN também deu um grande show intimista para o público em um dos Lounges, acompanhado pelo guitarrista do Y&T – John Nymann – e sua esposa Denise liderando as baquetas.

No set list, Eric incluiu apenas os grandes sucessos do Mr. Big: “DaddyBrother, Lover, Little Boy”; “Alive’n’Kickin´”; “Voodoo Kiss”; “Wild World”; “Eletrified”; “Superfantastic”; “Dancing with my Devils” e fechou o show com “To be with you”.

Eric voltou a se apresentar no segundo dia, como sempre em um espetáculo vocal sem igual. Nesta segunda apresentação, durante a execução de “Superfantastic”, Denise cedeu as baquetas à Troy Luccketta (Tesla).

O primeira noite foi encerrada com Y&T no palco do teatro principal do Navio. Dave Meniketti estava simplesmente com eles mesmos dizem “on fire”. Ver a performace dessa lenda do Metal foi simplesmente sensacional. Ver o carisma e o feeling com que Meniketti toca sua guitarra é absurdo.
DSC_0000A banda voltou a se apresentar no para o palco da piscina no final da tarde do segundo dia junto com rajadas de vento e um início de chuva. Mas nada disso atrapalhou outro belíssimo show da banda de Meniketti que trouxe um set list com várias musicas diferentes da noite anterior, para delírio geral dos fãs.

Resenha e galeria de fotos do Y&T  no Monsters of Rock Cruise

O segundo dia começou com o navio ancorado a Key West, para um passeio do público. Apesar da parada perdurar ate o meio da tarde, retornamos logo ao navio para acompanhar de perto as primeiras apresentações do dia.

TED POLEY, vocalista do Danger Danger, usando um inusitado tênis do KISS fez seu show intimista em um dos lounges, tendo em seu set list os clássicos do Danger e também músicas da sua carreira solo.

Logo a seguir todos os olhares se voltaram para o “Meet & Greet” que iria ocorrer com diversas bandas ao mesmo tempo. Foi um momento simplesmente histórico, pois pudemos presenciar grandes encontros, como o encontro de Y&T e KEEL, entre tantos outros artistas se confraternizando.
DSC_0849

DSC_0040Logo após o palco da piscina recebeu a galera do KIX que praticamente repetiu o set list da pre-party (leia mais sobre em breve).

Durante o show do KIX foi muito legal ver Danny Nordahl, baixista do Faster Pussycat, agitando no meio de toda a galera como um autêntico fã de Hard. Impagável!

Outra grande atração esperada subiu ao palco do teatro principal na tarde do segundo dia. Jack Blades, Kelly Keagy e Brad Gillis membros originais da banda NIGHT RANGER, acompanhados de Joel Hoekstra e Eric Levy realmente pareciam serem outros ensandecidos no palco.
DSC_0266A grande surpresa do show ficou por conta de alguns sucessos que Blades trouxe do Damn Yankees para cantar para o público.

Outra grande surpresa da banda é que a apresentação no terceiro dia traria um set acústico mais não menos agitado e divertido.

Resenha e galeria de fotos do Night Ranger no Monsters of Rock Cruise

Ao mesmo tempo em que outro Meet and Greet acontecia, já com a galera do Stryper a bordo, a banda HELIX fazia seu show em um dos lounges do navio. Para os fãs mais saudosos foi um show para se relembrar dos grandes tempos do Hard´n´Heavy dos anos 80, principalmente quando Brian Vollmer entoou a famosa Rock You para fechar o show com chave de ouro.

Infelizmente o Helix foi uma das 3 bandas que fizeram apenas um espetáculo no navio.

Uma grande “Jam Session” também ocorreu em um dos Lounges, com presença de grandes músicos tocando clássicos do rock junto: John Corabi, George Lynch, Oz Fox entre tantos outros se revezavam nos instrumentos.

DSC_0223

No terceiro dia a parada foi em Nassau – Bahamas. Uma breve caminhada por lá e voltamos correndo para o navio para ver de perto a galera do STRYPER logo no início da tarde.

DSC_0191Por um motivo de itinerário e embarque da banda no navio apenas na tarde do segundo dia, esta foi outra banda que tivemos a oportunidade de ver tocando somente uma vez durante o cruzeiro.

Resenha e galeria de fotos do Stryper no Monsters of Rock Cruise

Logo após os lounges foram ocupados por outras bandas que queríamos ver de perto: Odin, XYZ e Bango Tango.


Ao final da tarde os fãs do Rock´n´Roll clássico puderam acompanhar ao show da mais veterana banda a bordo do navio: os britânicos do UFO.

A banda agitou o público do palco da piscina, apesar do estado visivelmente alterado pela bebida do vocalista Phil Mogg.

Phil ainda chegou a dar um susto em quem passou pela área da piscina no dia seguinte e o encontrou sendo atendido pelos médicos do navio, mas nada que um bom banho gelado e uma xícara de café não resolvesse a situação.

O TESLA foi para o teatro no terceiro dia para um perfeito show acústico, que dessa vez pudemos conferir bem de perto.

DSC_0055

Resenha e galeria de fotos do Tesla no Monsters of Rock Cruise

A banda KEEL era outra grande banda que nos gerou grande expectativa de ver. Com praticamente a formação original também subiu ao palco (se assim podemos dizer) em um dos lounges no primeiro dia do evento e guardou o melhor para o palco da piscina na terceira e última noite do Monsters.
DSC_0000

Em uma apresentação sem igual, Ron Keel era outro que parecia estar de volta aos velhos tempos e com uma empolgação surpreendente em um show que sinceramente deveria (na minha opinião foi) o fechamento com chave de ouro de todo o Festival.

Resenha e galeria de fotos do Keel no Monsters of Rock Cruise

Mas cronologicamente o show final mesmo ocorreu no teatro com a presença do LYNCH MOB. O grupo liderado por George Lynch tocou por quase duas horas e desfilou todos seus grandes sucessos. A técnica e estilo Hard da banda, na qual eu classificaria como um Hard Progressivo, fez o público viajar pelas melodias e a precisão técnica de George Lynch, mas foi muito diferente do que ver o público agitar as cabeças num último fôlego, diferentemente do que o Keel fez.

Varando a madrugada uma grande festa saudou os resistentes a celebrar até o último instante onde artistas e publico se misturavam e curtiam juntos os últimos e derradeiros momentos desta primeira experiência.

Uma das coisas mais legais que pude registrar, como eu já havia citado no show do KIX, foi a presença de muitos nossos ídolos no meio de toda a galera para assistir aos shows das outras bandas e agitando a valer.

O sucesso foi tão incrível que a produção do evento já anunciou as datas para o próximo Monsters of Rock de 2013, com a data já pré definida para 16 de Março e que já conta com algumas bandas no cast: TESLA, KIX, Y&T, HELIX, XYZ e as novidades GREAT WHITE e ENUFF Z’NUFF.

Agora é aguardar para mais novidades!

Para mais informações sobre o próximo Monsters of Rock Cruise acesse: (http://monstersofrockcruise.com/)


Leia também:


Compartilhe

Comente