Unisonic

 

Quem diria que poderíamos ver novamente uma banda com Kiske e Hansen juntos! Pois é eles estão juntos novamente no Unisonic. Essa união deixou muitos fãs antigos de Helloween (inclusive eu) na expectativa de um CD de musicas inéditas, e o lançamento do EP Ignition aumentou ainda mais as expectativas para o lançamento do primeiro CD da banda, que leva o próprio nome da banda.

 

Por Helio Moura (Papinha)

 

Além de Michael Kiske e Kai Hansen, completam o time o guitarrista Mandy Meyer (Gotthart e Krokus), o baixista Dennis Ward (Pink Cream69 e Place Vendome) e também o baterista Kosta Zafiriou (Pink Cream69 e Place Vendome).

 

As musicas foram compostas em sua maioria por Hansen e Ward, acredito que por isso em algumas musicas lembramos de Gamma Ray e Place Vendome. As melodias são muito bem feitas e contagiam, além de apresentarem ótimas variações entre guitarras com peso, partes mais alegres e linhas com violões. A linha de baixo é muito bem feita completando a musica na medida certa e a bateria conduz as musicas da melhor forma possível.

 

Na linha de vocal, podemos ver que Michael Kiske não precisou alcançar as notas mais altas para se destacar, ele mostra uma versatilidade vocal que impressiona, cantando em alguns momentos com a voz mais grave e outros momentos a musica o leva naturalmente a tons mais agudos, onde ele mostra seu perfeito vibrato e que sua voz continua fantástica.

 

Este CD é uma boa surpresa, para quem estava na duvida ir ao show, depois de ouvir o CD terá a certeza que este será um show imperdível.

 

 

Unisonic – Unisonic (2012 – Hellion Records)
01 – Unisonic – 03:25
02 – Souls Alive – 05:14
03 – Never Too Late – 04:30
04 – I’ve Tried – 04:56
05 – Star Rider – 04:16
06 – Never Change Me – 03:45
07 – Renegade – 04:38
08 – My Sanctuary – 04:16
09 – King For A Day – 04:07
10 – We Rise – 04:43
11 – No One Ever Sees Me  – 06:13


Leia também:


Rock Express

Esse texto foi escrito por um colaborador do Rock Express.

Compartilhe

Comente


  • Luciana

    O vibrato dele não está mais tão perfeito não… E olha que sou fã dele. Mas o CD está muito bom, de qualquer forma!

    • jpmmota

      Sério que vc achou que o vibrato dele não está mais como antes? Eu gostei muito, tanto do CD quanto dos vibratos! =)

      • Luciana

        Então, em algumas partes tem soado um pouco forçado e mal trabalhado, o que é estranho, já que Kiske fazia isso facilmente, e não acho que o tempo tenha danificado alguma coisa a ponto de o vibrato dele estar ruim. Talvez seja falta de contato com o público ou com opiniões alheias mesmo… Porque bom o cara é!