Threat Fest – 16 de Junho

Noite agradável em São Paulo, ótima para se ouvir um Heavy Metal de qualidade, foi isso que aconteceu com quem foi ao Threat Fest no Hangar 110, neste último sábado 16 de Junho, para acompanhar de perto o tão esperado lançamento do segundo trabalho da banda Threat, o álbum “Overcome“.

 

Por Papinha – Fotos Edu Lawless

 

Com a presença de muitos músicos convidados, imprensa especializada e obviamente um ótimo público que esteve presente para prestigiar o evento, a noite começou com a já conhecida banda feminina Nervosa. O power trio das garotas apresentou um Thrash Metal de altíssima qualidade, aquecendo o público presente para grande noite que teríamos.

 

A banda iniciou sua apresentação com muita intensidade e com músicas muito bem executadas e o que chamou atenção foi à voz de Fernanda Lira, que parecia um trovão. Além das excelentes músicas próprias a banda também tocou “War Inside My Head” do Suicidal Tendencies. A apresentação das garotas agradou o público e assim deu início a grande noite de Metal que estava apenas começando.

 

Após pouco tempo de pausa, a Banda Command6 entrou no palco quebrando tudo. O vocalista Wash subiu ao palco cantando muito e a todo o momento encarava o público e não deixava o clima esfriar com toda a potencia do seu Metalcore. A Banda apresentou algumas músicas do seu novo trabalho “Black Flag“, com músicas marcadas por riffs de guitarras com efeitos muito interessantes e uma bateria bem marcada e pesada; as vozes, tanto de Wash como os backings do Johnny Hass, soando fortes e agressivas. Uma apresentação que agradou principalmente ao público mais jovem presente.

DSC_0969

Depois de algumas mudanças no palco, foi à vez do Project 46 subir ao palco. Já na primeira música o bate cabeça do Mosh Pit tomou conta do lugar e com grande presença de palco de toda a banda que não paravam de agitar em nenhum minuto.

 

O Project 46, passou muita energia ao publico, que agitou do inicio ao fim, com ótimas musicas, onde o vocalista Caio MacBeserra, ora cantava mais agudo e rasgado, ora mais grave e sujo. O peso e a rapidez das guitarras de Jean Patton e Vinicius Castellari eram acompanhadas a mesma velocidade pelo baterista Henrique Pucci, em uma pegada versátil e quebrada. Tamanha era a velocidade que dava para ver o suor dos músicos pingando.

 

O que marcou na última música, foi quando o vocalista Caio que desceu do palco e foi para o Mosh Pit com a galera enquanto cantava.

 

Após o show do Project 46, as cortinas se fecharam para preparação do palco para a grande estrela da noite, a banda Threat.

 

Ao público presente que aguardava, além dos grandes shows da noite, era possivel  trombar na pista do Hangar com muitos músico da cena Rock / Metal Nacional, como os músicos do Korkuz, Holiness, Trayce e até mesmo a ilustre e simpática figura de Clemente, consagrado vocalista dos Inocentes. Realmente uma grande Festa!

DSC_0224

E o grande momento chegou ao Hangar 110, quando algumas luzes se apagam, e ao fundo, uma introdução anuncia o início do show do Threat. Desde os primeiros acordes o público se mostrou incansável e cantava e agitava em todas as músicas, com um Mosh Pit menos intenso, mas porém com alguns Stage´s Diving.

 

Entre uma música e outra o guitarrista Wecko, agitava junto ao público o tempo todo, incitando e deixando-os cada vez mais empolgados.

DSC_1041

O Threat mostrou um pouco excelente repertório do seu novo álbum “Overcome”, que chamou a atenção pela qualidade musical, uma excelente técnica vocal de Guilherme Menossi, os riffs de Rogério Wecko e solos marcantes do grande André Curci, a incansável agitação de Fábio Romero que pulava por todos os cantos do palco e a potência estrondosa das baquetas do grande Edu Garcia, o grande responsável por toda idealização de todo o evento.

DSC_0174

Um dos grandes momentos do show foi quando a banda tocou “Revolution“, novo single  que figurou seu mais recente video clip, e portanto, mesmo sendo nova, agitou ainda mais o público que acompanhava junto.

DSC_0201

Ao final a banda pode mostrar ao público presente que este novo trabalho veio para agitar mesmo,  merecendo todo o nosso respeito pela atuação e um verdadeiro show de Metal, deixando o público empolgadíssimo. Merece bis!!!!!

 

DSC_0019Set List

1 – New Blood

2 – Call To Arms

3 – Rest On My Shoulder

4 – Revolution

5 – The Trench

6 – Ready

7 – Earthquake

8 – Headswitch

9 – Open Eyes

10 – You Can’t Control Me

 

Para finalizar a noite da grande festa a banda Unscarred (Pantera Cover), projeto paralelo do baterista Edu Garcia, faz seu tributo a Dimebag Darrel, em um show contou com a participação de vários nomes conhecidos da cena, como Felipe Andreoli (Angra), Henrique Pucci (Project 46) , entre muitos outros.

 

O Threat Fest foi um festival que marcou positivamente a noite de sábado para muitas pessoas. Além da excelente organização, onde as bandas tocaram nos horários divulgados (ou pelo menos sem grandes atrasos), e se apresentaram com muita vontade, mostrando porque foram escolhidas para fazer parte deste festival, recebendo em troca um publico que mostrou a forma certa de apoiar a cena, comparecendo, respeitando e agitando os shows do início ao fim.

 

Galeria de Fotos Threat Fest

 

Agradecimentos à Damaris Hoffman (Assessoria Hoffman & O´Brian) e a toda banda Threat pelo apoio.

Leia também:


Papinha

Long Live Rock 'n' Roll

Compartilhe

Comente


  • jpmmota

    Ótimo review!

    Ansioso em ouvir o novo trabalho do Threat! =)