Immolation e Incantation em São Paulo – 08 de Julho

A Tumba Productions organizou mais um evento devastador no Hangar 110 no dia 08 de Julho, trazendo para o público paulista dois gigantes do Death Metal americano representantes da cena Nova Iorquina e ainda nos deu uma surpresa muito agradável para a abertura da noite.

 

Por Klemer Santiago / Fotos Cyntia Marangon – Leandro Cherutti

A primeira apresentação ficou por conta da banda carioca Lacerated and Carbonized, de Death Metal Extremo. Formada por Jonathan Cruz nos vocais, Caio Menconça na guitarra, Paulo Doc no baixo e Victor Mendonça na bateria, eles foram ganhando o público e esse se mostrava cada vez mais interessado pelos sons da banda.
 Era unanime escutar elogios ao baterista super veloz e aos riffs de guitarra bem criativos. Eles mandaram um som seguido do outro, divulgando seu álbum “Homicidal Rapture” e também tocaram músicas do seu próximo álbum e percebendo o crescente agito do público, o vocalista Jonathan Cruz trocou algumas palavras com a galera agradecendo pela oportunidade de mostrar o som deles e por tocar no Hangar 110 pela primeira vez.
A Lacerated and Carbonized conquistou muitos novos fãs em sua apresentação e isso é fato!

 

Setlist Lacerated and Carbonized:
01. Cephalic Crusher
02. Seeds of Hate
03. Darkened Spite
04. Awake the Thirst
05. Homicidal Rapture
06. Cover [Unnatural Aggression]
07. System Torn Apart
08. Mundane Curse

 

Com a galera já aquecida, chegou o momento da segunda apresentação, a qual ficou por conta da banda americana Incantation. Formada por John McEntee na guitarra e vocal, Kyle Severn na bateria, Alex Bouks na guitarra, Chuck Sherwood no baixo, eles começaram o show com uma brilhante introdução chamada “Primordial Domination” que começou bem simples e foi crescendo cada vez mais e ficando cada vez mais pancada na orelha, essa música é um convite e tanto para se banguear muito ao vivo!

 

Antes de mandar a “Dying Divinity“, o vocalista e fundador da banda John McEntee agradeceu ao público: “Obrigado São Paulo! Nós somos Incantation e é muito bom estar de volta.. seus putos!”
A banda Incantation ficou muito famosa por fazer seu Death Metal com muitas mudanças de ritmo que vai desde o rápido ao extremo até a uma levada mais cadenciada e é impressionante ver o sincronismo dos monstros na guitarra John Mc Entee e Alex Bouks em suas disparadas de riffs extremamente velozes e ainda ver o baixista Chuck Sherwood tocando e bangueando em todas as músicas! O baterista Kyle é um show a parte, sendo o responsável por fazer todas essas transições do rápido para o cadenciado serem simplesmente animais, levando o público ao delírio!

 

Setlist Incantation:
01. Primordial Domination
02. Dying Divinity
03. Oath of Armageddon
04. Invoked Infinity
05. Devoured Death
06. Vanquish in Vengeance
07. Shadows from the Ancient Empire
08. Progeny of Tyranny
09. Once Holy Throne
10. Anoint The Chosen
11. Ascend Into The Eternal
12. Lead To desolation
13. Ibex Moon
14. (Encore) Do You Want More Fucking Metal??
15. Impending Diabolical
16. Profanation

 

A terceira e última apresentação da noite ficou por conta da banda americana Immolation da cidade de Yonkers, estado de Nova York, e sendo essa a primeira vez que a banda vinha para o Brasil, havia uma grande expectativa e ansiedade do público.

 

Sendo formada por Ross Dolan no baixo/vocal, Robert Vigna e Bill Taylor nas guitarras e por Steve Shalaty na bateria, eles começaram a noite com a música Close to a World Below e o vocalista Ross Dolan, que possui uma presença de palco impressionante, chamava a galera a todo o momento e não parava de agitar um só minuto e isso era em todas as músicas! Ross revelou que eles prepararam um setlist gigantesco e especial, contendo 19 músicas, para celebrar a primeira vez solos brasileiros! Um verdadeiro presente ao público paulista!

 

Outro destaque no palco era o guitarrista Robert Vigna, sendo um dos mais respeitados guitarristas de Death Metal e um dos fundadores da banda, ele não parava quieto um só minuto. Ele tocava riffs e solos complicadíssimos e os executava com uma tranquilidade que parecia que era fácil.

 

Antes de executar a “Into Everlasting Fire“, o vocalista Ross parou o show e dedicou essa música ao Edu da Tumba: “Eu gostaria de fazer uma dedicação especial ao Eduardo da Tumba, ele é o único cara aqui que está mantendo a cena viva trazendo inúmeros shows. Ele é uma grande pessoa, muito legal e um grande amigo. Eduardo essa é para você Into Everlasting Fire“.

 

Ficou evidente que a banda mais esperada da noite era a Immolation, pois o público respondia com muito fervor a cada música e a todos os chamados da banda! E muitas e muitas rodas foram formadas!

Noite memorável para a cena Death Metal paulista!
Setlist Immolation:
01. Close to a World Below
02. Swarm Of Terror
03. Dawn Of Possession
04. What They Bring
05. Passion Kill
06. Father, You’re Not A Father
07. Power And Shame
08. Once Ordained
09. Den Of Thieves
10. Unholy Cult
11. Under The Supreme
12. A Glorious Epoch
13. Still Lost
14. No Jesus, No Beast
15. Harnessing Ruin
16. Into Everlasting Fire
17. Illumination
18. Majesty And Decay
19. World Agony

 

Agradecimento a Edu Lane da Tumba Produções e Luciano Piantoni da LP Press Assessoria

Leia também:


Klemer Santiago

Heavy Metal Breakdown!

Compartilhe

Comente