EPICA – Entrevista exclusiva com Isaac Delahaye

A banda holandesa EPICA está prestes a desembarcar no Brasil para mais uma série de shows e aproveitando essa passagem por aqui, o ROCK EXPRESS conversou com Isaac Delahaye, guitarrista da banda. Confira abaixo a entrevista.

 

Por João Paulo de Matos Mota

 

Rock Express – Olá, é um prazer poder entrevistá-lo! Como vem sendo a receptividade do novo álbum “Requiem for the Indifferent”?

Isaac Delahaye – Ótimo! Parece que todos realmente estão curtindo muito o novo álbum. Nós dedicamos muito tempo e muita energia para fazê-lo, porque meio que sentimos a pressão por fazer algo melhor que o “Design Your Universe”. Esse também é o motivo de termos nos concentrado um pouco mais nas linhas vocais e melodias e termos adaptado todos os detalhes a eles em vez de fazer o contrário. Isso tornou o álbum realmente balanceado e o mais importante, as novas músicas também funcionam muito bem ao vivo.

 

Rock Express – Houveram diferenças no processo de composição e gravação entre o “Design Your Universe” e o “Requiem”?

Isaac – Como eu mencionei anteriormente, nos focamos mais nos vocais dessa vez. Nós realmente queríamos que eles se destacassem, que fossem cativantes e reconhecíveis. “Requiem For The Indifferent” é também um pouco mais sombrio que o álbum anterior, mas isso é devido aos problemas que estamos passando.  Você não pode ter uma canção alegre quando está falando sobre os homicídios cometidos por Anders Breivik na Noruega. O processo de gravação foi basicamente o mesmo de sempre, trabalhamos novamente com Sascha Paeth e seu time.

 

Rock Express – A banda vem de uma extensa turnê européia e agora vocês vêm para uma verdadeira maratona de mais de 40 shows entre América do Sul e América do Norte! Como é o relacionamento entre os membros da banda convivendo na estrada por tanto tempo?

Isaac – Se você excursiona do jeito que nós excursionamos, é melhor que sejam todos amigos! Nessa turnê pela América Latina estamos voando praticamente todos os dias, então é realmente muito exaustivo porque você precisa acordar cedo quase todos os dias. Na América do Norte e na Europa nós excursionamos com um ônibus, então fica um pouco mais tranquilo, mesmo que eu tenha dificuldades em dormir em um ônibus em movimento. Mas nosso convívio é ótimo e nos conhecemos muito bem para saber quando dar privacidade a alguém ou quando podemos pegar pesado nas brincadeiras.

 

Rock Express – Estando tanto tempo na estrada vocês devem ter diversas historias interessantes ou engraçadas pelas quais vocês passaram, conte-nos uma delas.

Isaac – Um dos meus momentos mais embaraçosos foi quando eu ainda tocava no God Dethroned. Nós estávamos em turnê pela Europa e tínhamos que pegar um ferry boat (balsa) para a Dinamarca logo após uma noite de muita festa em Hamburgo na Alemanha. Então entramos no barco e eu rapidamente adormeci. Depois de um tempo ouvi o capitão avisar que teríamos que voltar ao nosso deck, pois logo iríamos desembarcar, mas eu não conseguia mais encontrar o ônibus da turnê. Resolvi sair do barco a pé e foi quando vi uma grande placa na minha frente: “Bem-vindo a Alemanha”. Foi então que eu percebi que eu já havia estado na Dinamarca há 2 horas! Enfim, demorou algumas horas para eu conseguir voltar até a Dinamarca novamente. E isso aconteceu numa época em que ainda não tínhamos telefone celular, então o pessoal ficou muito preocupado, hahaha. Por causa desse grande atraso tivemos que acelerar até Copenhagen onde tocaríamos naquela noite. Quando finalmente chegamos, ouvimos que o show teria que ser cancelado devido a um problema elétrico. Mas que dia!

 

Rock Express – Vocês estão tendo a oportunidade de tocar em lugares que vocês não haviam se apresentado antes? O que vocês esperam do público desses lugares?

Isaac – Sim, sempre tentamos ir até lugares em que não estivemos anteriormente. Nessa turnê na América Latina, tocaremos no Paraguai pela primeira vez. Quando estou em um lugar pela primeira vez, tento sempre reparar em como são as pessoas, como eles se comportam, como é sua cultura, como é o estilo de construção, quais as especialidades do país, etc. Quero dizer, ainda sou convidado no país de alguém, então eu trato todos com respeito.

 

Rock Express – A banda já tocou algumas vezes no Brasil. Quais são suas melhores lembranças dos shows por aqui?

Isaac – Nunca esquecerei o momento em que subi ao palco em São Paulo pela primeira vez: ofuscado por flashes e aturdido por centenas de fãs! Aquilo realmente foi algo excepcional e obviamente deu à banda uma porção extra de energia para tocar muito bem e com o coração e a alma. É sempre ótimo voltar ao Brasil porque vocês, pessoal, são simplesmente a plateia mais barulhenta do mundo!

 

Rock Express – Vocês estiveram aqui ao final do ano passado (Novembro de 2011) em uma apresentação com o Mayan. Aquele show marcou a volta de Floor Jansen aos palcos desde seu afastamento por problemas médicos. Como foi aquele momento para vocês?

Isaac – Na verdade ficamos sabendo disso alguns dias antes do show, porque foi algo arranjado pelo próprio promotor e com a Floor sem o nosso conhecimento. Apesar de ter sido algo tão inesperado, claro que ficamos muito felizes por ela. Ela ainda está se recuperando atualmente, mas tenho certeza que aquele show e o amor dos fãs proporcionaram a ela muita energia.

 

Rock Express – Já existem planos para um próximo álbum?

Isaac – Planos sempre existem! :) Eu e o Mark [N.E.: Jansen, guitarrista e vocalista] já começamos a escrever diversas músicas, mas precisamos esperar até retornarmos da turnê para seguir com as composições. O que temos até hoje está soando muito promissor, então estou muito confiante que mais uma vez teremos a oportunidade de gravar um álbum com um padrão muito alto. Provavelmente ele nos remeta um pouco às raízes do Epica.

Além disso, em breve vamos anunciar algo muito importante, eu ainda não posso dizer nada sobre isso, mas no momento em que você estiver lendo essa entrevista, já estará sendo divulgado em nosso website. [N.E.: A banda divulgou em seu site oficial um show único em comemoração aos 10 anos de carreira e será realizado em Eindhoven na Holanda em 23 de março de 2013 com a orquestra The Classical Conspiracy]

 

Rock Express – Muito obrigado pela entrevista, por favor deixe um recado para o pessoal que está lendo a entrevista aqui no Rock Express e aguardam anciosos pelo próximo show do Epica em sua cidade!

Isaac – Foi um prazer. Para todos os nossos queridos fãs brasileiros: espero ver todos vocês sacudindo esses traseiros em um de nossos shows no final desse mês. Nós estamos totalmente prontos para fazer uma grande festa e bater cabeça junto com vocês. E eu também estou ansioso por visitar as churrascarias brasileiras e por beber um vinho 😉 Enfim, se cuidem e nos vemos em breve!

 

Para mais informações sobre os shows que ocorrem no Brasil em setembro, acesse:

São Paulo – 28 de setembro de 2012

Rio de Janeiro – 29 de setembro de 2012

Porto Alegre – 30 de setembro de 2012


Leia também:


Compartilhe

Comente


  • http://www.facebook.com/Odair.Lopes EL Lopes

    adora a voz da vocalista mas muitas musicas infelismente tem o vocalista q fode com as musicas e uma pena