G3 em São Paulo – Live 12 de Outubro

O instrumento mais simbólico do rock é sem  dúvida alguma a guitarra. Quando três dos mais virtuosos guitarristas se reúnem em um mesmo palco é certeza de grande espetáculo,  com muita distorção.

 

Por: Ju Gêbra  / Fotos: João Paulo de Matos Mota

 

O maior desafio em performance de guitarristas é, sem dúvida alguma, transmitir mensagem sem dizer palavra alguma. Steve Morse, John Petrucci e Joe Satriani não estão no G3 a toa.

 

A noite começou com o Credicard Hall enchendo aos poucos, mas às exatas 22:00 todas as luzes se apagaram e ouvia-se os gritos ansiosos do público que tomava conta de todos os setores da casa.

 

O primeiro G a subir no palco foi Steve Morse. Sua performance era esperada por muitos e sua técnica e habilidade são indiscutíveis. Dos três ele parecia o mais tímido, parando apenas uma vez para conversar com o público, brincar sobre o tempo de carreira necessário para estar lá  como artista solo (ele tocou no Dixie Drags, Kansas e fecha o ano em tour com o Deep Purple).

 

A apresentação foi abrilhantada pela presença do excelente Dave LaRue (baixo) que deu um show a parte e foi aclamado pela plateia.

 

Setlist Steve Morse:

Name Dropping

Highland Wedding (Steve Morse song)

On the Pipe

Vista Grande

John Deere Letter

Baroque ‘n Dreams

Rising Power

StressFest

Cruise Control (Dixie Dregs cover)

 

O carismático John Petrucci subiu ao palco pouco depois das 23:00 com uma introdução grandiosa e efeitos de luz sobre a plateia, e foi freneticamente saudado pelo público, a quem ele respondeu com acenos e sorrisos.

Além de trazer novamente ao palco o baixista Dave LaRue, Petrucci teve como baterista Mike Mangini,  o mais novo integrante de sua banda Dream Theater.

 

Com esse line up, não se espera nada menos que maestria na execução das músicas.

 

Mostrando-se totalmente a vontade, ele conversou com a plateia, fez referência a sua última vinda ao Brasil em agosto (com o Dream Theater) e agitava o público movendo-se o tempo todo pelo palco.

 

Sua apresentação durou 50 minutos que passaram num piscar de olhos. Com quase 2 horas transcorridas, e sabendo que havia ainda muita música boa por vir, o show do G3 mostrava que realmente valia a pena!

 

Setlist Petrucci:

Damage Control

Cloud Ten

Jaws of Life

Zero Tolerance

Glassy-Eyed Zombies

Glasgow Kiss

 

Então, aos 12 minutos do dia 13 de outubro sobe ao palco o anfitrião da noite, Joe Satriani. Seus clássicos tocados em sequencia, Satriani foi o único a trazer um tecladista ao palco, e abusou de efeitos – tanto nas distorções da guitarra como na iluminação do palco. Contudo ele foi o único a sofrer um grave problema técnico, quando, em sua divertidíssima “Crowd Chant” em que faz o público “cantar” seus riffs o som do PA falhou, e podíamos apenas ouvir o som do palco. Mas o problema foi rapidamente solucionado e não chegou a prejudicar a excelente apresentação.

 

Satch, como é conhecido Satriani, alternava músicas rápidas e lentas mostrando ao público dos grandes guitarristas que a melodia transmite emoção e comunica sem palavras.

 

Seja pela técnica ou apenas pelo som, as apresentações agradaram muito ao público que pode, após quase três horas do início dos shows curtir clássicos do rock interpretados na jam session.

 

O primeiro deles foi “You really got me” (Kinks) e nos proporcionou no momento dos solos um descontraído duelo de três guitarras, quando os primeiros acordes de “Summer Song”(Joe Satriani) viraram uma brincadeira de siga o mestre e improvise. Ao final da música ficou claro que nada daquilo havia sido programado.

 

Seguiu-se então, “White Room” (Cream) e  “Rocking in the Free World” cantado por Joe Satriani. Nesse momento o clima era de descontração e o incrível talento proporcionava à plateia um excelente dia das crianças.

 

Setlist Joe Satriani:

Cool #9

Satch Boogie

Flying in a Blue Dream

Crystal Planet

God Is Crying

Always with Me, Always with You

Crowd Chant

Surfing with the Alien
G3 Jam with John Petrucci and Steve Morse:

You Really Got Me (The Kinks cover)

White Room (Cream cover)

Rockin’ in the Free World (Neil Young cover)

 

Galeria de Fotos G3:

 

Agradecimentos à T4F (Time for Fun) pelo credenciamento e profissionalismo demonstrado com a equipe Rock Express.

Leia também:


Compartilhe

Comente


  • http://www.facebook.com/guilherme.ometto Guilherme Ometto

    Show excelente !! para aqueles que são fãs dos mestres da guitarra e viam essas lendas nos dvds a anos e anos curtiu demais como eu ,,/

    Porque eles não fazem um G3 todo ano por aki em *-*

    • http://www.rockexpress.net.br/ João Paulo de Matos Mota

      Concordo contigo! Seria legal a cada ano termos um set de guitarristas diferentes!

      Eu gostaria muito de ver o Steve Vai ao vivo..