Symbols em São Paulo – Live, 23 de Dezembro

Symbols é uma banda paulista de heavy metal fundada em 97 pelos irmãos Falaschi e que ficou famosa com seus dois primeiros trabalhos, o primeiro, lançado em 1998 que leva o próprio nome da banda e o “Call To The End”, lançado em 2000, sendo esse o último registro antes do vocalista Edu Falaschi se desligar da banda e assumir os vocais do Angra.

 

Por João Paulo de Matos Mota / Fotos Edu Lawless

 

Em comemoração aos 15 anos de fundação da banda, os integrantes originais, Edu Falaschi (vocal), Tito Falaschi (baixo e vocal), Demian Tiguez (guitarra), Rodrigo Arjonas (guitarra) e Rodrigo Mello (bateria), além da participação especial do tecladista Francis, prepararam uma grande festa para os fãs, amigos e familiares no Manifesto Rock Bar em São Paulo. Nem mesmo a triste notícia do falecimento da mãe dos Falaschi os desanimou ou os fez cancelar o show.

DSC_0875

Com um Manifesto surpreendentemente lotado (não estou dizendo que me surpreendeu o fato do bar estar lotado pela qualidade da banda, muito pelo contrário, mas sim por ser um domingo antevéspera de Natal, período onde muitas pessoas saem para viajar), o show se inicia por volta das 20:30, empolgando todo mundo com a “Introspection”, do álbum “Call To The End”, lançado em 2001.

 

A excitação da galera era evidente, assim como a alegria estampada no rosto de cada integrante. O show seguiu com “Scream of People” para em seguida Edu pegar o baixo do irmão e deixa-lo assumir os vocais na “Save My Soul”.

 

Também tivemos a oportunidade de ouvir a belíssima “Hard Feelings”, dessa vez com Tito tocando violão e Edu sendo acompanhado pelo público ali presente, em um coro lindo de se presenciar.

DSC_0999

Edu aproveitou também para convidar seu amigo Sergio Faga, vocalista da Children of the Beast, banda tributo ao Iron Maiden, para assumir os vocais na execução da cover “Wasted Years”. Inclusive nessa música, Francis, o tecladista convidado, surpreendeu aparecendo no palco com um teclado pendurado, como se fosse uma guitarra, inclusive tocando parte do solo com a mesma performance de um guitarrista!

 

Com a participação de Marcello Panzardi, tecladista da formação original, a banda ainda tocou “Rest In Paradise” (que foi oferecida em memória da mãe dos irmãos Falaschi), “Power Machine” e com a poderosa “Eyes in Flames”, que incendiou ainda mais o Manifesto e, após um pouco mais de 1:30 de apresentação,  encerrou o show de maneira excepcional.

 

Parabéns ao Symbols pela belíssima festa proporcionada ao público paulista nesse final de ano e o Rock Express espera que esse não tenha sido um show de despedida e que em 2013 novos materiais da banda sejam lançados.

 

DSC_1068Setlist Symbols:

1. Introspection

2. Scream of people

3. Save My Soul

4. Like Mars

5. The Traveller

6. Sonf of Lord

7. Call to the End

8. Hard Fellings

9. Stop the Wars

10. Wasted Years

11. Power Machine

12. Rest in Paradise

13. Eyes in Flames

 

Galeria de Fotos

Agradecimentos ao Manifesto Rock Bar pela realização e suporte ao evento

Leia também:


Compartilhe

Comente


  • http://www.facebook.com/course.of.life Ariel Pereira

    Eu tava com os ingressos em mãos, porém, não podia ir sozinho… E meu irmão ficou com frescura no dia, apesar dele mesmo ter me apresentado a banda… Vocês não imaginam quão feliz eu estou nesse momento e quão mais feliz ainda estava quando vi que ia perder 65 reais com um show que eu não fui. ¬¬’