Metalmania revigorado e com novo line up

Um dos maiores guitarristas que o Brasil já conheceu – e que já esbanjava da palavra “virtuoso”, quando a maioria dos que você conhece hoje, estavam engatinhando (literalmente!) – está de volta, com os ânimos renovados e acompanhado por um novo ‘line up’; Robertinho do Recife ressurge com uma nova ‘versão’ do clássico “Metal Mania”, disco que ele gravou em 1984, e que deixou o Brasil todo de boca aberta, na época, com a sonoridade ríspida e pesada do Hard e do Metal. Respeitado não só por músicos brasileiros, como também, do exterior, ele anuncia a nova tour, “Hey Hey Metalmaniacs”.

metalmania

Além dele, está o vocalista da formação clássica do Metal Mania, Lucky Leminski. E para injetar o sangue novo no trabalho, ele recrutou o jovem Rob Khalil (baixo), e as garotas, Isa Nielsen (guitarra, Detonator) e Jully Lee (bateria).

 

“Depois da volta com o disco ‘Back for More’, nós fizemos shows importantes como a abertura das bandas Judas Priest e Accept, no Rio, a Virada Cultural de São Paulo, e minha participação no show do Manowar, no Monsters of Rock 2015, em São Paulo. Foi aí que tive inúmeros pedidos para que voltasse a tocar as músicas da fase do Metalmania, foi quando convidei o Lucky para cantar, já que ele era da formação original, e desde então, estamos de volta coma banda”, conta um Robertinho, com as baterias recarregadas e cheio de vontade de fazer o que sabe melhor: dedilhar sua guitarra, sem limites e fronteiras.

 

Para esse projeto onde serão tocadas as músicas originais do disco de 1984, ele diz que a presença das garotas (Isa e Jully), tem tudo a ver com as letras das músicas do Metalmania I, “E além delas tocarem muito bem, deixam o show muito mais bonito”, completa ele.

 

Entre os inúmeros planos que a banda irá revelar em breve, podemos adiantar que o Metalmania foi convidado para participar do “Festival do Metal Pesado”, projeto que acontecerá entre os meses de março e abril, em algumas unidades dos Sescs de São Paulo/SP, e em abril, estarão no renomado Abril ProRock, no Recife/PE – todos os detalhes serão divulgados nos próximos dias.

 

O parceiro de longa data, Lucky Leminski, falou do retorno, ao lado do grande amigo; “Me sinto graduado! O Robertinho de Recife é um guitarrista de muita técnica, garra e expressão que contempla uma afluência de estilos que desafia a lógica e o senso comum. Heavy metal é loucura com método, e sempre aprendo algo de novo com ele”; “Trata-se de uma volta repentina e espontânea, cujo vetor é o ‘heavy metal world class’ tradicional dos anos 80, que corre em nossas veias, desde os ‘sulcos vinílicos’ do album Metalmania”, completa, Lucky. Sobre mostrar esse trabalho para as novas gerações, ele finaliza: “Muita coisa mudou nos últimos 30 anos, mas o público de agora, sabe cada linha e refrão dessas músicas, portanto, sinto a mesma força, as mesmas virtudes e até a mesma inocência em face dos tempos e desafios atuais”.

 

Para quem não sabe, o baixista Rob Kahlil, é conhecido de Robertinho do Recife, desde quando nasceu, já que o novo pupilo, e responsável pelos graves da banda, é também, seu filho, que fala sobre o a experiência de integrar o clássico projeto ao lado do pai, resgatando seu glorioso passado; “Tocar com meu pai é bem legal, por que é bem mais fácil se entender com ele do que com músicos que são só seus amigos. E além de tudo, é muito interessante poder conhecer melhor, e integrar esse projeto que volta ao espirito da antiga banda dele”.

 

E as garotas também não podiam ficar de fora, quando o assunto é empolgação, começando com Isa Nielsen; “Eu me lembro bem de um dia, anos atrás, em que estava estudando no IG&T (famosa escola de música de São Paulo), e ouvi uma secretária falando: ‘O Wander Taffo (saudoso e renomado guitarrista e idealizador do instituto), queria muito que o Robertinho do Recife fizesse um show aqui no Music Hall…’, e quando isso de fato aconteceu, foi algo que me impressionou muito! Um tempão depois, ele (Robertinho) me falou que estava pensando em colocar mais uma guitarra no Metalmania, e que gostava muito do meu jeito de tocar. Perguntou se eu teria interesse, o que me deixou lisonjeada, e este convite significou muito mais que entrar em uma banda nova. É um convite do Robertinho, considerado por muitos o maior guitarrista do Brasil!”, fala Isa de olhos brilhantes. “Estou super animada, e adoro as músicas do Metal Mania! Pode ter certeza que farei o meu melhor nessa nova empreitada”, finaliza, ela. Jully Lee, baterista que teve uma rápida passagem pela banda Nervosa – entre outros projetos – também não economiza ao falar do novo desafio; “É muito bom ter sido escolhida por um gênio da guitarra, que traz toda essa bagagem musical, querido e respeitado por tanta gente da música”. Sobre os shows que virão nos próximos dias, ela finaliza, dizendo; “Pode ter certeza que darei o meu melhor nessas apresentações!”.

 

Fonte LP Press

Leia também:


Compartilhe

Comente